Sábado, 13 de Outubro de 2012
Bullying

 

 

 

BULLYING um assunto muito frequente nas escolas portuguesas, mas muitos alunos continuam a ter duvidas sobre como lidar com o bulling, e eu estou aki para ajudar e alertar pais e filhos.

 

O Bullying é um problema com cada vez mais falado em todo o mundo.

 

Estima-se que 1 em cada 4 crianças sofra de Bullying em Portugal...

 

Mas como detectar e lidar com o problema?

 

As crianças que normalmente são vitimas de bullying correspondem a um padrão, que inclui algumas caracteristicas de personalidade ou mesmo fisicas específicas, como:

  • obesidade
  • tiques
  • usar óculos ou aparelho
  • dificuldades de expressão
  • gaguez
  • timidez
  • demasiado extrovertido

De alguma forma, estas crianças fogem aos padrões normativos, o que os torna um alvo de bullying.
Como pai/mãe, deverá estar alerta para algumas destas características, para o caso de surgimento de alguns sinais/sintomas de alerta.

Quais?

Segundo a Psicóloga Clínica, Tânia Praias, especialista na área do Bullying, estes são os principais sinais de alerta:

  • Se o seu filho é alvo de brincadeirasde mau gosto, com frequência;
  • Tem uma ou várias alcunhas “maldosas”;
  • Por vezes, quando a agressão se torna mais persistente, recusa-se a ir à escola, sem existir um motivo, aparentemente;
  • Desaparecem-lhe coisas ou mesmo dinheiro, sem justificação (ou diz que perdeu);
  • Não tem amigos, ou poucos, com as mesmas características (não normativas)
  • Está mais alheado da família do que de costume, mais introvertido;
  • Se está a poiorar os resultados na escola;
  • Tem alterações no humor, abatimento físico e psicológico, sem paciência para nada;
  • É sensível a brincadeiras e reage agressivamente ou chora incontrolavelmente;
  • Se tem queixas físicas permanentes (dor de cabeça, de estômago, cansaço).

 

Desconfio que o meu filho sofre maus tratos, ou é vítima de bullying.

O que fazer?

 

  • Não deve, primeiro que tudo desvalorizar o que aconteceu;
  • Nem faça o seu filho manter-se indiferente às agressões. Isso fará com que se sinta um fracassado, uma vez que a sua auto-estima já está tão destruída.
  • Explique que é natural sentir medo e vergonha, mas que tem que ser capaz de falar sobre o assunto e sobre o que lhe está a acontecer, para que o possam ajudar.
  • Reforce que o seu filho não tem culpa daquilo que aconteceu, já que muitas vezes as vítimas tendem a culpar-se pensando que fizeram algo que provocou a agressão.
  • Tente chamar a atenção dos professores e, se possível, com o acompanhamento do director de turma, marcar uma reunião com os pais do agressor, pedindo-lhes ajuda para a resolução da situação.
  • Tanto a vítima de Bullying como o agressor, deverão ter acompanhamento psicológico.
  • Isto porque, para a vitima existe a necessidade de recuperar a sua auto-estima, livrando-se do trauma que sofreu. Para o agressor, é fácil perceber que um jovem que inflige dor a outro porque sim, não pode estar emocionalmente equilibrado ou porque simplismente "gosta de o ver tao rebaixado" tendo assim um "ar superior" aos outros.

Como pai/mãe, não pode deixar para a escola a competência de vigiar os sintomasdo seu filho.

Até porque a escola não está preparada para lidar com estas situações. Os próprios sindicatos dos professores são os primeiros a dizer que as escolas não actuam devidamente perante situações de bullying e que, muitas vezes, ignoram estes casos.

 

Vigie os comportamentos do seu filho. Ajude o seu filho a combater o bullying!

 Conheçes alguem que seja vitima de bullyinga na tua escola? Então avisa os professores e tenta convençer essa pessoa a procurar AJUDA!

 

 

 

 


sinto-me: Queria tar kntg..
música: S&M- Rihanna

publicado por Manu Santos às 14:28
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim
.Janeiro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. A adolescência

. Comédia na guerra

. Consequencias da droga

. As drogas

. Bullying

. Regresso às aulas

.arquivos

. Janeiro 2013

. Novembro 2012

. Outubro 2012

.tags

. todas as tags

.links
.pesquisar
 
blogs SAPO
.subscrever feeds